Blog

Novidades do Mundo de TI e Telecom


18/12/2019

Cearense de 18 anos, Edjane de Andrade Oliveira, começou a trabalhar na 3CORP como menor aprendiz. Antes de vencer o seu contrato, ela recebeu a notícia de sua efetivação. Em entrevista ao jornal interno da empresa, ela conta que veio para São Paulo com a sua mãe aos quatro anos de idade e que chegou à 3CORP por meio do CEPAC.

 

  1.  Porque você decidiu fazer parte da instituição CEPAC? 

CEPAC é uma instituição de acolhimento que tem três projetos: semeando o futuro (para crianças de 6 a 12 anos); profissionalizante e aprendiz. No profissionalizante, eles te encaminham para empresas para fazer entrevistas e, ao passar, eles encaminham para o projeto aprendiz. Tive meu primeiro contrato com 16 anos na área de comércio exterior. O contrato era administrativo. Quando eu saí, fiquei 5 meses desempregada e surgiu esta oportunidade (na 3CORP).

O CEPAC é uma instituição que te prepara tanto para entrar no mercado de trabalho quanto para desenvolver tanto pessoal quanto profissionalmente.

 

  1. Você contou com o incentivo de alguém da família?

A minha irmã fez CEPAC. Ela trabalhou na mesma empresa em que eu trabalhei e aí achei legal, eu falei: Ah...eu quero ter minha primeira oportunidade no mercado de trabalho nova e são empresas muito boas. Aí, eu entrei, fiquei 6 meses no profissionalizante e eles começaram a me encaminhar para as entrevistas e, na minha terceira entrevista, eu consegui passar. Foi o meu primeiro emprego. E depois, vem a 3CORP.

A minha irmã acho que ela foi a minha grande influência. Eu a vi se desenvolvendo muito rápido porque querendo ou não, é um amadurecimento você estar em um ambiente corporativo, estar com pessoas que sabem e aprender ao decorrer...é muito bom e eu vi que era ela muito feliz. Aí, eu falei: Também quero trabalhar, poder ajudar em casa também. Sempre tive esta vontade de poder ajudar a minha mãe, poder comprar as minhas coisas.

 

  1. Por que você resolveu tentar a vaga de menor aprendiz aqui na 3CORP?

Porque eu sou uma pessoa muito aberta para as oportunidades. Quando falaram que era na área de TI, eu fiquei um pouco assustada porque não era uma área que eu tinha muita vontade, mas eu falei: Ah eu vou tentar! Estou a fim de aprender coisas novas. A gente tem que ser aberta para novas oportunidades. Aí, eu aceitei e aceitei também aprender com cada pessoa aqui que se dispôs a ensinar e isso é maravilhoso.

 

  1. Como foi ser aprendiz na 3CORP?

No começo foi bem difícil porque é uma área muito diferente do que eu estava acostumada. Eu aprendi coisas novas que eu achava que eu não ia conseguir aprender. E eu tentei, eu fui atrás do conhecimento, me dispus a aprender, a crescer juntamente com cada um aqui.

 

  1. Você recentemente foi efetivada na empresa, o que você sentiu ao receber esta notícia?

Eu fiquei muito feliz porque não havia outro aprendiz que foi efetivado. Foi uma conquista né. Na verdade, era uma meta minha para este ano. Se eu conseguisse um emprego de menor aprendiz. Eu ia tentar lutar, tentar me desenvolver e crescer para poder ficar como efetiva na empresa para ano que vem, fazer uma faculdade e me especializar na área.

  1. Como funciona o seu trabalho aqui na 3CORP? Quais são exatamente as suas atribuições?

 

Atualmente, eu continuo no atendimento ao cliente, nível 1. Eu também estou com reembolsos que são dos nossos técnicos que vão em atividade em campo, fiquei com uma fila de SP, com liberação de despesas e com a parte organizacional de documentos (arquivar documentos que chegam de atendimentos.

 

  1. Qual o seu próximo passo em relação aos estudos?

Ano que vem, eu já estou prestando vestibulares para poder entrar na faculdade. Pretendo fazer processos gerenciais e depois fazer uma outra faculdade de comércio exterior, que é uma área que eu gostei muito. Bom, eu também pretendo fazer um curso na área técnica porque eu ainda tenho que aprender muita coisa.

 

8. Você teria alguma dica para dar aos demais estudantes que estão aqui como ‘menor aprendiz’?

Você ser resiliente. Você tem que ter também muita força de vontade, de aprender, vontade de estar aqui. Acordar e falar: Eu vou lá, eu vou aprender, eu vou me desenvolver, eu vou crescer. Porque aqui tem muita oportunidade, eles dão muita oportunidade para quem realmente quer.

 

9. Qual o seu maior sonho?

É poder conquistar todos os meus objetivos.

Na área profissional, estar em uma área que eu realmente goste, que eu acorde todas as manhãs e, não só venha trabalhar, que seja um ambiente que eu goste, um ambiente muito bom para mim; fazer minha faculdade; fazer um intercâmbio porque eu acho muito importante o Inglês. É isso.


Veja Também

02/04/2020

Webinar: Continuidade dos Negócios em Períodos de Pandemia

Condição especial para governo: rainbow free por 6 meses

01/04/2020

Gartner recomenda que empresas sigam cinco etapas para a continuidade de negócios durante a pandemia de coronavírus

Os CIOs e a TI deveriam aproveitar as tecnologias e os recursos digitais para facilitar as mudanças projetadas

Cadastre-se

Receba em seu email todas as novidades da 3CORP.
Site Desenvolvido por
Agência UWEBS Criação de Sites